Diferente do que pensam, adestrar não serve apenas pra ensinar truques, na verdade o adestramento pode ajudar o cão a lidar com diversos problemas

Adestramento de cães podem ajudar os animais a lidar com diversos problemas
Reprodução
Adestramento de cães podem ajudar os animais a lidar com diversos problemas



Senta, rola, finge de morto! Geralmente é nisso que as pessoas pensam quando falamos em adestramento canino, que adestrar serve somente pra ensinar alguns truques aos cães, assim como fazem com animais de circo, que inclusive, ainda bem que quase nem existem mais, já que a maioria sofre maus tratos pra aprenderem a realizar os "truques".


Leia mais:  Cachorros escorregando em pisos de madeira é engraçado mas pode ser perigoso



Adestrar de forma responsável um cãozinho pode ajudar na convivência diária dentro de casa. É preciso entender que problemas comportamentais têm solução, sem uso de violência. Quer saber o que é ainda mais interessante? Em muitos casos, não é preciso pagar uma ajuda profissional. O tutor mesmo pode, com carinho e disciplina, tornar-se o adestrador do animal.

Cão deitado na cama das camas dos tutores, comportamento que pode e deve ser evitado
Reprodução
Cão deitado na cama das camas dos tutores, comportamento que pode e deve ser evitado




Como ensinar


A casa onde vive o animal se torna o habitat. E é por isso que cabe ao tutor, impor os limites necessários dentro daquele habitat, pra que a convivência entre o animal e as pessoas do lugar, sejam prazerosas pra todos.

“A questão comportamental dentro do habitat, em casa, é responsabilidade do criador. É claro que as pessoas devem tratar os cães bem, tratar deles, dar carinho, mas deve haver limites, para que eles não passem a ultrapassar e prejudicar a convivência do espaço” diz um especialista em adestramento canino. 

Tratar os cães como pessoas não é bom para o aprendizado dos animais e atrapalha a convivência dentro de casa. Os cachorros precisam entender que têm o espaço deles e os espaços das pessoas com as quais convivem e que esses espaços precisam ser respeitados.

Filhote comendo chinelo, comportamento que pode ser evitado
Reprodução
Filhote comendo chinelo, comportamento que pode ser evitado




"O aprendizado do cão, na maioria das vezes, depende mais dos ensinamentos do tutor do que de ajuda profissional e da índole do cachorro, acredito que as falhas de comportamento do cão são muito mais por falhas dos donos do que deles mesmos. O cachorro te dá a chance de condicioná-lo, basta ter pulso. Nessa hora, a solução é guardar o coração e agir pela razão”, brinca o adestrador.

Quando o cachorro começa a destruir as coisas, a intervenção do tutor precisa ser mais firme, o  acúmulo de energia por falta de exercícios, além de carência e solidão, podem ser motivos dos momentos de agitação exagerada dos cães e por isso o tutor precisa estar atento, oferecer vários brinquedos e formas de distrações pra animal mas não interagir com ele, de nada adianta. 

Para os casos de cães bravos, o tratamento é diferente, mas igualmente eficaz, o adestrador diz que iniciar o adestramento cedo e respeitar o limite do cachorro é o grande segredo e que nāo existe raça que não possa ser adestrada.

Cães bravos também podem e devem ser adestrados
Reprodução
Cães bravos também podem e devem ser adestrados




“Algumas raças oferecem dificuldades de adestramento na fase adulta, mas todos os cães filhotes têm facilidade de aprender. Isso não significa que os mais velhos não possam ser adestrados. A dica é procurar ajuda profissional, quando a situação sai do controle. Tudo depende das oportunidades que o cachorro vai oferecer na hora de lidar com ele”, finaliza. 









    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.