Com certeza você acordava no sábado de manhã e ia direto para a sala assistir algum desses

As crianças têm uma relação muito forte com os desenhos animados. Eles as permitem criar fantasias, se divertir e aprender, o que é fundamental para os pequenos. Mas quando algumas dessas animações param de ser transmitidas elas deixam muitas saudades. Confira 5 delas que ficaram na memória. 

Leia mais:  10 Desenhos animados dos anos 90 que possivelmente você não lembra

1. Doug Funnie (1991 – 1999)

Desenhos animados que deixaram de ser transmitidos e que deixaram saudades
Reprodução
Desenhos animados que deixaram de ser transmitidos e que deixaram saudades

Mesmo após muitos anos, Doug ainda é um dos desenhos animados mais icônicos que já existiu. Lançado em 1991, foi o primeiro Nicktoon – nome que é dado pelas animações produzidas pela própria Nickelodeon. O enredo é sobre a vida de Doug, um garoto de 11 anos que vive muitas aventuras – e às vezes desventuras -, com o seu cachorro Costelinha. E mesmo morando em uma cidade tranquila, ele ainda tem que lidar com personagens bem irritantes, como o valentão Roger. Mas quem rouba a cena na trama é a Paty Maionese, por quem o menino é apaixonado. 

2. Rugrats (1991-2004)

Desenhos animados que deixaram de ser transmitidos e que deixaram saudades
Reprodução
Desenhos animados que deixaram de ser transmitidos e que deixaram saudades

A animação era estrelada por bebês e já conquistava só pela abertura fofa. Mas o desenho vai muito além: as aventuras que os pequeninos viviam era um sonho para qualquer criança. O líder do grupo era Tommy, mas os gêmeos Phil e Lil, e Chucky também criavam situações muito divertidas. Quem completava o elenco era Angélica, prima de Tommy e a mais velha da turma que fazia o trabalho de “ponte” entre os bebês e os adultos. Esse desenho recebeu 8 estatuetas do Emmy e uma estrela na calçada da fama.

3. A vaca e o frango (1995-2004)

Desenhos animados que deixaram de ser transmitidos e que deixaram saudades
Reprodução
Desenhos animados que deixaram de ser transmitidos e que deixaram saudades

Era protagonizado pelos dois animais de espécies diferentes, porém irmãos biológicos. Eles sempre estavam metidos em problemas e o desenrolar da história se tornava bastante engraçado. A vaca era uma “garota” de 7 anos e o frango um “manezão” de 11, super fracote, que sempre se dava mal. Os pais eram humanos e apareciam apenas da cintura para baixo. Mas o bizarro é que em um episódio mostra que eles não tinham a parte de cima do corpo, pois eram uma sátira de adultos de outras séries infantis que também nunca apareciam com o corpo todo. O vilão da trama era o Bum de fora, um mostro vermelho que sempre se disfarçava de outras pessoas, e que andava sempre com a bunda de fora.

4. O laboratório de Dexter (1996-2003)

Desenhos animados que deixaram de ser transmitidos e que deixaram saudades
Reprodução
Desenhos animados que deixaram de ser transmitidos e que deixaram saudades

Dexter é um gênio incompreendido que tem um laboratório gigante escondido onde faz experimentos malucos. Mas, como ele ainda é criança, tem que ir para a escola e lidar com valentões. As invenções dele sempre eram criadas para resolver um problema simples, como criar um acelerador de idade só para ver TV até mais tarde. Ele ainda tinha que aturar o Mandark, seu maior rival, que sempre queria destruir o laboratório e vivia recebendo os méritos pelas invenções de Dexter. Mas a “mosca na sopa” de Dexter sempre foi  a sua irmã mais velha, Dee Dee, que fazia questão de irritar o moleque estragando os planos dele e causando-o ataques de raiva. Outro personagem hilário era o computador, que  Dexter chamava de “meu amor”.

Leia mais:  Relembre alguns videogames antigos

5. Coragem, o cão covarde (1999-2002)

Desenhos animados que deixaram de ser transmitidos e que deixaram saudades
Reprodução
Desenhos animados que deixaram de ser transmitidos e que deixaram saudades

O personagem mais azarado de todos os desenhos animados não poderia faltar nessa lista. Coragem, o cão covarde foi o desenho que mais deu pesadelos em crianças com seu enredo lotado de histórias assustadoras. O cachorro vive encontrando todos os tipos de monstros e aberrações sobrenaturais. Ele mora com os seus donos, Muriel e Eustácio, em um lugar completamente isolado no Kansas. Uma curiosidade é que a localização da casa é exatamente na área 51 (instalação da Força Aérea dos Estados Unidos). A cada novo episódio o nosso amigo medroso tem que engolir a covardia e enfrentar os monstros para salvar seus donos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.